Gartner identifica cinco mitos sobre o uso de Inteligência Artificial nas empresas

 

Os líderes de TI e de negócios geralmente ficam confusos sobre o que a Inteligência Artificial (IA) pode fazer por suas organizações e são frequentemente desafiados por falsas ideias sobre como aplicar os conceitos dessa tecnologia em suas organizações. O Gartner avalia que os gestores de TI e negócios que desenvolvem projetos de inteligência artificial devem separar a realidade dos mitos para elaborar suas estratégias de inovação para o futuro.

 

“Com a tecnologia de IA entrando nas companhias, é crucial que os líderes de negócios e de TI compreendam completamente como as soluções inteligentes podem criar valor para seus negócios e onde estão suas limitações”, diz Alexander Linden, Vice-Presidente de pesquisa do Gartner. "As tecnologias de Inteligência Artificial só podem gerar valor se fizerem parte da estratégia da organização e forem usadas da maneira correta".

 

Para evitar concepções erradas, o Gartner anuncia cinco mitos sobre o uso da Inteligência Artificial:

 

  • Mito 1: A Inteligência Artificial funciona da mesma maneira que o cérebro humano
  • Mito 2: Máquinas inteligentes aprendem por conta própria 
  • Mito 3: Inteligência Artificial pode ser livre de preconceito 
  • Mito 4: A Inteligência Artificial só substituirá trabalhos repetitivos e que não exigem graus avançados 
  • Mito 5: Nem todas as empresas precisam de uma estratégia de Inteligência Artificial

Viva a experiência Gartner.